Search icon
Entrar
/
Cadastro
PT
English
Português
Русский
Español
Türkçe
Українська
Tiếng Việt
ไทย
中文
हिंदी

Uma Nova Etapa no Desenvolvimento da Internet: HTTP/3 e Suas Capacidades

Base de Conhecimentos
Classificação média: 4.831 votos
Author photo
Evgeny Fomenko2024-03-25
Clock icon10 min
Compartilhe este artigo:

Transição para o HTTP/3: Fundamentos e Vantagens

Hoje, a internet tornou-se uma parte integral da vida. Constantemente lemos notícias no Telegram, assistimos a vídeos no YouTube e nos comunicamos com amigos no Discord. Mas quanto mais informações transmitimos, maior é a carga nas redes.

O responsável por transmitir vários conteúdos na Internet é o protocolo HTTP (Protocolo de Transferência de Hipertexto), que vem cumprindo diligentemente suas funções desde 1991 e melhorando gradualmente. E agora, após décadas, alcançamos uma nova versão - HTTP/3.

O HTTP/3 é um protocolo de próxima geração que está substituindo gradualmente seus predecessores. Ainda não está totalmente aperfeiçoado, mas atualmente, um grande número de navegadores e quase 30% de todos os sites já estão utilizando-o.

Usar o HTTP/3 ajuda a carregar páginas da web mais rapidamente, o que é especialmente importante para raspagem. Há rumores de que conectar-se através do HTTP/3 ajuda a evitar o bloqueio de contas ao trabalhar com múltiplos perfis em redes sociais ou lançar campanhas publicitárias (é importante entender que isso é apenas uma suposição, não informação oficial).

Então, o que é HTTP/3, como ele difere das versões anteriores e quais são os prós e contras?

Precisa de proxies móveis?

Crie um proxy agora mesmo!

Inicie o teste gratuito de 48 horas

Principais características do HTTP/3

1. Protocolo baseado em QUIC

Versões anteriores usavam protocolos da camada de transporte UDP (Protocolo de Datagrama de Usuário) e TCP (Protocolo de Controle de Transmissão), cada um com suas vantagens e desvantagens.

TCP garante a entrega confiável de dados e garante a ordem correta dos arquivos sem perda ou duplicação, mas requer o estabelecimento de uma conexão ou confirmação de entrega de dados, o que afeta a velocidade do protocolo. Enquanto isso, o protocolo de transporte UDP tem uma velocidade de transmissão de dados mais alta, mas é menos confiável que o TCP, pois a perda de pacotes é possível.

iProxy Online

Para abordar essas questões, o Google desenvolveu o protocolo de transporte QUIC (Conexões Rápidas de Internet UDP), que tira o melhor de ambos os mundos, eliminando suas desvantagens:

  • Conexão Rápida. QUIC permite estabelecer comunicação entre o cliente e o servidor quase instantaneamente, o que é crucial para aplicações que exigem alta velocidade.
  • Multiplexação. Permite a transmissão simultânea de múltiplas correntes de dados em uma única conexão, contribuindo para o carregamento mais rápido de páginas da web em navegadores.
  • Criptografia. Aplicada por padrão, permitindo a transmissão segura de dados mesmo em redes inseguras.
  • Controle de Congestionamento. Inclui algoritmos de controle de fluxo que ajudam a gerenciar a velocidade de transmissão de dados, garantindo a transmissão estável de arquivos e prevenindo o congestionamento da rede.
  • Dispositivos Móveis. Consomem menos recursos para a transmissão de dados e melhoram o desempenho de aplicações através do estabelecimento rápido de conexões e gerenciamento eficiente de recursos.
  • Código Aberto. QUIC é de código aberto, e qualquer desenvolvedor pode utilizá-lo.
  • Extensões. Aberto para recursos adicionais posteriormente.

2. Multiplexação

Em versões anteriores do HTTP, a perda de um único pacote poderia levar ao bloqueio de cabeça de linha, resultando no bloqueio de todo o fluxo restante. No entanto, o HTTP/3 não limita o número de fluxos abertos simultaneamente, e o bloqueio de um não afeta os outros. Os principais benefícios da multiplexação são:

  • Desempenho Melhorado. Reduz significativamente os tempos de carregamento das páginas da web e diminui a latência durante a transmissão de dados.
  • Eficiência de Recursos. Reduz o uso de recursos de rede para estabelecer e manter conexões.
  • Confiabilidade. A transmissão paralela de fluxos de dados torna as aplicações web mais resilientes a falhas e sobrecargas.

3. Segurança

O HTTP/3 sempre aplica o TLS 1.3 (Segurança da Camada de Transporte versão 1.3) - a versão mais recente do protocolo de criptografia e proteção de dados na camada de transporte. Isso envolve usar um novo modo de conexão inicial (TLS Handshake) com o protocolo Diffie-Hellman (DH), que fornece segurança adicional e proteção contra ataques. Todas as sessões estabelecidas usando TLS 1.3 proporcionam automaticamente a Perfect Forward Secrecy (PFS), que ajuda a proteger o tráfego anteriormente criptografado mesmo se a chave for comprometida. O uso do protocolo Diffie-Hellman reduz o conjunto de cifras, diminuindo a quantidade de dados transmitidos e o overhead de estabelecer uma conexão segura.

Desvantagens do HTTP/3

Embora o HTTP/3 traga melhorias significativas em comparação com as versões anteriores, ele também tem suas limitações e desvantagens potenciais:

  • Migração. A transição para o HTTP/3 pode exigir atualizações na infraestrutura de rede e servidores, o que pode ser um processo complexo e custoso.
  • Bloqueio de Pacotes UDP. O UDP é considerado menos seguro, o que é a principal razão pela qual muitos firewalls o bloqueiam, levando a dificuldades na configuração de firewalls para evitar o bloqueio de solicitações HTTP/3.
  • Suporte Limitado. Nem todos os servidores e clientes suportam o HTTP/3, o que pode restringir a disponibilidade do protocolo. Pode haver problemas de compatibilidade com medidas de segurança existentes e ferramentas de depuração.
  • Complexidade Aumentada. O HTTP/3 é um protocolo mais avançado em comparação com as versões anteriores, o que pode complicar sua implementação e depuração. Além disso, há muito menos informações disponíveis sobre ele em comparação com o HTTP/2.

Conclusões e Perspectivas: O Papel do HTTP/3 no Desenvolvimento Web Futuro

O HTTP/3 representa um avanço significativo na evolução dos protocolos. Ele não apenas acelera a transmissão de dados, tornando-a mais segura, mas também abre novas possibilidades para desenvolvedores web. Serviços web importantes já suportam o HTTP/3, e é muito provável que a popularidade e a demanda por esse protocolo continuem a crescer.

Com o iProxy, você pode criar facilmente seus próprios proxies móveis de confiança. Estes são proxies privados, confiáveis e seguros com suporte a HTTP/3 usando configurações oVPN.

Perguntas Frequentes

O que é configuração .OVPN?

È um arquivo que permite conectar o Proxy aos dados móveis do celular. Saiba mais no artigo.

O que escolher: HTTP ou SOCKS5?

Ambos os tipos de conexão funcionam da mesma forma em termos de velocidade, segurança, anonimato. Em termos simples: diferentes formas de transmissão de tráfego, mas ambas são confiáveis.

Nossa prática mostrou que, se você estiver muito longe de um proxy geográfico, é melhor usar HTTP.

Você oferece um teste gratuito?

Sim, você receberá automaticamente 2 dias gratuitos após o registro.

Todos
Compartilhe este artigo:

Avalie este artigo, se gostar:

Fazer proxies móveis é muito fácil

Crie uma conta agora mesmo e obtenha um teste de 48 horas
ou inscreva-se com o e-mail

Experimentar gratuitamente

Inscreva-se em nossa newsletter

Obtenha informações privilegiadas da indústria com nossa newsletter mensal